quarta-feira, 8 de dezembro de 2010






Hoje acordei sem silêncio no peito. Deixei queimar a pele no duche para me certificar que existia.



Olga Roriz






Claudia Wilson Gator
©Claudia Wilson Gator



3 comentários:

o monstro disse...

não deixes que o vazio te queime o sorriso que eu gosto muito dele.
Esta a chover para ti, eu meti a cunha, anima-te :)**

acoldzer∅ disse...

conseguiste arrancar-me um sorriso. considera isso uma vitória. * quanto à chuva, não a ouço, mas é bom sentir-lhe a presença. neste momento apenas amo os meus lençois de flanela e transforma-los num covil onde ninguem sabe que existo. *

o monstro disse...

i always can make you smile, remember? fizeste ca falta ontem :) ***