sexta-feira, 16 de julho de 2010

interludio

Um mês depois das ultimas palavras proferidas, o silêncio mantem-se. Com ele todos os bens e males que em si carrega e consigo a mesma direcção tomada. Ficam acordes. Notas. Tons. Tonalidades. Na ausência de mim fica a intenção. Não é boa nem má, e delas tá o inferno cheio, assim como a minha vida. Serve a presente nota apenas para dizer que ainda respiro.



© Explosions In The Sky - First Breath After A Coma ( do album "The Earth Is Not A Cold Dead Place" )